5 amigos da reeducação alimentar

prato saudável

Engana-se quem pensa que a cirurgia bariátrica é a solução final para todos os problemas com oscilação de peso. Como já falei por aqui anteriormente, eu mesma estou sendo vítima de minha fraqueza. Mesmo tendo um resultado surpreendente e, tendo emagrecido 80kg em 1 ano e um total de 85kg, tive um ganho de peso devido à ansiedade causada por mudanças drásticas no trabalho e, por último, alguns abusos em uma viagem que fiz à Bariloche (nhaaaam!!).

Isso me fez sentir FRACASSADA? Bem, dizer que não me causou tristeza alguma seria mentira. É claro que veio aquele sentimentozinho ruim, mas trabalhei logo para afastá-lo, pois esse tipo de sentimento nos impede até de tomar as providências necessárias para superar o problema. Uma vez afastado, mãos à obra!

Além de procurar um profissional na área de nutrição, existem alguns “amigos” que podem te ajudar a manter-se no caminho certo. Aqui estão eles:

1- Aplicativos no seu smartphone: Confesso que o que me motivou a escrever este post foi um aplicativo em específico, o My Fitness Pal. Gratuito e disponível para todas as plataformas, o My Fitness Pal te ajuda a manter-se antenado nas calorias que anda consumindo, assim como a qualidade das mesmas. Se você insere no diário um alimento com muito sódio por exemplo, ele te avisa. Além dele, estou usando o Pacer, que conta meus passos e as calorias gastas, o Glow, para manter os registros do meu ciclo menstrual, pois sabemos que podemos ter alterações significativas em medidas e apetite nesta época, o Meu Orientador de Dieta que manda mensagens motivadoras durante o dia e te lembra do seu objetivo e o Tecnonutri, que uso mais para me lembrar de tomar água. Ele também tem as funcionalidades do My Fitness Pal, mas peca por ter um banco de dados de alimentos mais restrito e não ser possível acrescentar alimentos.

2- Compartilhar tudo que come com a nutri ou até mesmo um amigo: Ninguém quer exibir coisa errada, né? Combine com a amiga que também está querendo perder uns quilinhos e envie fotos das suas refeições. Desta maneira, uma ajuda a outra a manter-se na linha!

3- Receitas fit: Como vocês devem ter percebido, sou adepta às receitas fit, tanto que todo domingo publico uma receita nova por aqui. As receitas fit vêm para matar os desejos pelas comidas calóricas porém vazias em valor nutricional. Algumas podem até não ser tão magrinhas, mas trazem valor nutricional, o que é fundamental especialmente para nós que fomos submetidos à cirurgia bariátrica.

4- Atividade física: Além de ajudar na queima de calorias, a atividade física libera endorfinas, deixando-o mais de bem com a vida e menos ansioso. Costumo dizer que nem todo ansioso é obeso, mas todo obeso é ansioso. Meu maior erro foi ter deixado a atividade física de lado quanto passei pelas intempéries no meu trabalho. Procure algo que você goste para que amenize a sensação de OBRIGAÇÃO que a atividade física traz. Que tal experimentar o kangoo, que já abordamos por aqui?

5- Inclua toda a família no seu projeto de vida saudável: deixar de chamar de dieta já é o primeiro passo. Não há razão plausível para que você prepare uma lasanha para a família e um prato de salada para você. Torne as saladas mais agradáveis ao paladar, busque ajuda com sua nutricionista ou até mesmo na internet. Insira a cultura de alimentação saudável em casa e a saúde da sua família ficará bem melhor.

ps.: estou fazendo meu plano alimentar novo há 6 dias e já estão falando que emagreci. Ainda não pesei, quando pesar atualizo aqui!

Um comentário sobre “5 amigos da reeducação alimentar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s